Azulão comemora 29 anos de existência


Azulão comemora 29 anos de existência


Fundado em 12 de junho de 1988, o Esporte Clube Azulão completa 29 anos de existência. O tradicional clube mogiano, nasceu no Distrito de Jundiapeba como uma continuação da equipe Sapocanto, que existia desde 1978 no bairro e utilizava o uniforme na cor verde por causa da forte influência palmeirense de seus fundadores, torcedores do Verdão.

Em 1985, um de seus fundadores, João Miranda, torcedor do Cruzeiro de Belo Horizonte, resolveu comprar um uniforme azul escuro por causa do seu time do coração e todos começaram a chamar o clube como Azulão, por causa do pássaro com o mesmo nome. A mudança do nome ocorreu pouco antes da filiação na Liga de Mogi das Cruzes e em 1988 o clube passou a se chamar, Esporte Clube Azulão.

Os fundadores do Azulão foram Sinval Pinto de Abreu, Osmar, João Miranda, Florêncio Barbosa, Juarez Pacheco, Benedito Oliveira e Manoel Pereira, o tio Mané, que acompanha os jogos da equipe como massagista.

Desde sua filiação na Liga Municipal de Mogi das Cruzes, o Esporte Clube Azulão chegou por 14 vezes na final conquistando 8 títulos. Em 1990 a equipe chegou na terceira colocação na Segunda Divisão, no ano seguinte foi vice-campeã no mesmo campeonato. No ano de 1995 ganhou seu primeiro título e o mais importante de Mogi, da Primeira Divisão.

Em 1997 não participou dos campeonatos da Liga, voltando em 1998 na Segunda Divisão e em 1999 foi campeão da Segundona. Na volta a Primeira Divisão Mogiana chegou até as semifinais, perdendo para a equipe que foi campeã, Ponte Grande. Depois deste ano o clube ficou até 2007 sem participar dos campeonatos oficiais da Liga, retornando novamente na Segunda Divisão, sendo vice-campeão neste mesmo campeonato.

Em 2008 foi a vez dos Juniores (Sub 21) chegarem na final, sendo o vice-campeão naquele ano, mesmo feito das categorias sub 16 e feminino. Em 2009 voltou à final e ficou com o título dos Juniores, no mesmo ano também conquistou na categoria de base com a equipe sub 16 e o vice na categoria sub 18. Em 2010 se tornou bi-campeão dos Juniores. Em 2012 foram mais dois títulos, tri campeonato do Juniores e o primeiro na categoria Veterano, com os dois títulos invictos.

Acompanhando o clube desde sua chegada à Jundiapeba no ano de 1985, Marcos Luiz da Silva Gonzaga é o atual responsável do Azulão. "Eu via aquelas camisas sendo estendida pela tia Nena no campo em frente a minha casa, me imaginava jogando com elas". Tia Nena era a primeira dama do Esporte Clube Azulão, esposa do presidente Sinval, torcedora fanática do time, ela faleceu no ano de 2014, vítima de AVC.

Gonzaga lembra uma frase deixada por tia Nena, uma semana antes de seu falecimento, quando foi acompanhar um jogo do Azulão numa tarde de domingo, "Deixei o macarrão no fogo para ver os meus meninos jogar e há deles se o Azulão não ganhar".

O retorno do Azulão foi no ano de 2005, quando Gonzaga fez uma nova diretoria, ficando na linha de frente do clube desde então. Neste ano o clube participa do campeonato da Primeira Divisão da Liga e também irá estar presente no campeonato Quarentão.


Por: Emerson Oliveira (FutebolMogiano.Com.br)
Em 12/06/2017


Compartilhe esta notcia no Google +
Recomende esta matria pelo WhatsApp

Quem apoia o Futebol Mogiano


Futebol Café Gerenciador online de campeonatos

Instagram Futebol Mogiano

Veja mais fotos em nosso Instagram www.instagram.com/futebolmogiano