Nova gestão e mudanças no Tietê Futebol Clube


Nova gestão e mudanças no Tietê Futebol Clube


O entrevistado desta semana é o mogiano Thiago Rodrigues Furtado, diretor de esportes do Tietê Futebol Clube. Thiago nasceu em julho de 1984 e desde então morou no bairro do Mogilar, na mesma rua, a rua do campo do Tietê. Por motivos claros seu primeiro contato com o futebol foi nas categorias de base do time, isto com apenas 5 anos, onde ficou até os 10 e depois começou a jogar no antigo Siderúrgico, que se transformou em Campestre por mais 2 anos. Depois decidiu parar de jogar e voltou a ser chamado pelo técnico do União na época, o Carlão, onde ficou até os 15 anos. Depois disso decidiu largar de vez o futebol e começou a trabalhar, perdendo o contato até aproximadamente 2 anos atrás quando voltou ao esporte com o Juventus Mogi para participar dos Jogos da Cidade.

O sucesso do novo time do mogilar foi crescendo, aumentaram o número de atletas interessados em participar e não demorou para fecharem parceria com o Tietê para revitalizar suas categorias de base. Thiago assumiu as categorias de base do tradicional time do Mogilar e em agosto de 2015 acabou por unificar os times de vez.

Qual sua função no novo Tietê?
Em janeiro deste ano assumi todo o departamento de futebol do Tietê, começamos um trabalho para revitalizar toda a estrutura que tínhamos, conseguimos arrumar os vestiários, cuidar melhor das condições do campo.

Como está a estrutura do futebol do Tietê atualmente?
Hoje temos 127 atletas em nossos registros de 2016, acredito que nossas categorias mais fortes no momento são o sub 15 e sub 20. O sub 15 mesmo tendo sido praticamente refeita neste ano tem condições de lutar pelos títulos nos campeonatos que vamos disputar neste ano. Para o sub 20 conseguimos fechar um patrocínio da Nextel e no ano que vem queremos participar da Eurocopa, que é um campeonato que participam os times da Zona Leste de São Paulo e todo o ABC com jogos de ida e volta.

Quais as novidades para as categorias de base neste ano?
Acabamos de fechar uma parceria com a unidade de Mogi da Escola de Futebol Meninos da Vila, que é do Santos Futebol Clube, onde o clube santista irá trazer melhorias para o local, vamos ser o CT oficial do Santos em Mogi. O Meninos da Vila também jogará os campeonatos na cidade representando o Tietê nas categorias de base menores e dos atletas que já eram do Tietê alguns vão ganhar bolsa para treinar na escola.

Em quais condições a nova diretoria pegou o clube?
A direção antiga do Tietê acabou deixando o clube com muitas dívidas, ficamos sem energia elétrica, luz, havia moradores de rua vivendo no local, além do espaço ser usado como oficina mecânica. Conseguimos também separar o registro que era vinculado também à escola de samba e hoje estamos separados, cada um ficou com seu espaço. Fizemos uma limpeza geral no local, tiramos os entulhos, conseguimos arrumar a parte do estacionamento e temos projeto de montar uma quadra poliesportiva, queremos também desvincular o bar que ainda pertence à antiga diretoria, assim poderemos tomar conta de todo o local.

Como está sendo a reforma do local? Tem algum investidor?
A reforma estamos fazendo por conta própria dos dirigentes da nova gestão, o vestiário foi o primeiro a ser reformado, também conseguimos montar nossa sala de reunião. Todo investimento fizemos dividindo os valores com os integrantes e marcávamos os dias em que iriamos fazer os serviços. Agora vamos arrumar os banheiros e trocar todo o alambrado e demarcar a área ao lado do rio que é toda aberta.

De todas as categorias, quais são as promessas para 2016?
Hoje acredito que o nosso sub 15 é a maior esperança de títulos para o Tietê. Mesmo tendo começado do zero praticamente, pois  ficamos com apenas 3 atletas que jogaram no ano passado, é a categoria com o maior potencial para nos trazer um título em 2016. Nosso sub 17 também está sendo reformulado, ficaram 9 atletas; do sub 18 ao 20  vamos manter a base do ano passado e nosso esporte está bem forte também, pois temos vários atletas que já foram profissionais como o Feijão, Vena, Jé, Tiagão, Renan e Batata. No esporte já fizemos 5 amistosos, ganhamos 4 e empatamos apenas 1. Na Copa São Francisco temos o objetivo de chegar nas finais.

Qual sua opinião sobre o Campeonato da Associação de 2015, o que mudou com relação aos anteriores que eram da Liga Municipal?
Comparando com os campeonatos da antiga Liga ficou 10 vezes melhor, hoje existe a democratização dos times que participaram, antes nós já sabíamos quem seriam os campeões. Foi um campeonato muito bem organizado, a flexibilidade de participação das categorias ajuda bastante, tudo isto porque são pessoas do futebol que estão na administração. Neste ano vamos jogar na segunda divisão na categoria esporte e tentaremos o acesso à primeira.

O que mais vocês conseguiram implantar no Tietê neste curto tempo que estão na administração?
Dentro do Tietê atualmente temos uma politica interna contra brigas e expulsões de nossos atletas, todos envolvidos passam por julgamento e recebem punições, cartões amarelo e vermelho recebem punições diferentes e não só os atletas, como também os dirigentes podem ser punidos se merecerem. Todos atletas menores precisam que os pais assinem a autorização pessoalmente, nenhum deles pode jogar sem que o pai tenha autorizado, marcamos também a data para todos nos entregarem o exame médico com autorização para a prática do futebol.

Emerson Oliveira Por: Emerson Oliveira (FutebolMogiano.Com.br)
Em 19/02/2016

Quem apoia o Futebol Mogiano


Futebol Café Gerenciador online de campeonatos